O lado gourmet da Tour Eiffel, um dos ícones da capital francesa

Restaurantes se modernizam para atender os milhões de turistas que visitam a “dama de ferro”

Já pensou em explorar o perfil gastronômico de um dos monumentos mais visitados e fotografados do mundo? A Torre Eiffel renova e expande sua oferta de restaurantes aos turistas sob o comando de dois chefs étoilés, como são chamados por aqui, Thierry Marx e Frédéric Anton, que dirigem o Le 58 Tour Eiffel, no primeiro andar, e o Le Jules Verne, no segundo.

Tour_1

Há ainda outras opções para lanches rápidos, mais econômicos, como crepes e sanduíches, nos quiosques instalados no térreo e também no primeiro e segundo andares. Mas para quem quer viver a experiência única de aproveitar a vista de Paris a bordo dos estrelados restaurantes, e no monumento-ícone da França, é preciso fazer reservas com antecedência pela internet.

Tour_5

O Jules Verne, no segundo andar, atende tanto no almoço como no jantar.  Você vai se deparar com uma cozinha que dialoga com a arquitetura da Torre Eiffel, trazendo para os pratos os elementos que compõem e lembram a “dama de ferro”. O menu degustação fica entre 190 e 230 euros por pessoa e o à la carte, 105 euros.

O restaurante passa por uma reforma para reabrir remodelado em setembro de 2019. Mas não se preocupem, o serviço ao público não parou, continua atendendo normalmente. A partir de setembro, o restaurante vai servir café da manhã, a partir das 7h30, também sob reserva.

Tour_4

O Le 58 Tour Eiffel também estará em reformas a partir da segunda metade de 2019. Haverá uma readequação do espaço para atender os clientes até sua completa reabertura no início de 2020. Inteiramente envidraçado, você tem uma bela vista do Trocadero e do Palácio de Chaillot.

Para o Le 58, você pode ir direto, sem reservas, mas depende de lugares disponíveis na hora. No almoço, o menu sai por 39 euros por pessoa. No jantar, os menus variam de 95 a 150 euros por pessoa.

O chef Thierry Marx propõe uma cozinha francesa moderna e de qualidade que tenha tradição e originalidade.

O tíquete para subir no restaurante é cobrado à parte e é de 8,10 euros por pessoa.  

Mas o tour gastronômico ainda tem um último brinde no topo da Torre Eiffel, no Bar à Champagne, no estilo comptoir (serviço no balcão). Um brinde, ali, nas alturas, sai entre 13 e 22 euros a taça.

Tim-Tim.

Tour_3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s